terça-feira, 24 de dezembro de 2013

NATAL, UMA PROMESSA DE LUZ

Há um projeto do governo para levar energia elétrica para todos os lugares de nosso país, especialmente para a zona rural. É um excelente projeto, pois a luz elétrica pode trazer grandes benefícios. Deus também fez uma promessa de luz para os homens.
            Enquanto a luz prometida pelos homens traz apenas confortos temporais, a luz que Deus prometeu produz bênçãos eternas. O profeta Isaías, uns 700 anos antes do nascimento de Jesus, anunciou a vinda de um menino, que traria luz para os que estavam nas trevas: O povo que andava em trevas viu uma grande luz; e sobre os que habitavam na terra da sombra da morte resplandeceu a luz (Isaías 9.6).
            Esta promessa foi cumprida em Jesus, conforme Mateus 4.13-16, que diz que Ele deixou a cidade onde fora criado, Nazaré, e passou a morar no porto de Cafarnaum, que ficava nos limites das terras de Zebulom e Naftali: para que se cumprisse o que fora dito por intermédio do profeta Isaías, Terra de Zebulom, terra de Naftali, caminho do mar, além do Jordão, Galiléia dos gentios! O povo que jazia em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região e sombra da morte resplandeceu-lhes a luz.
            Também através de Isaías, Deus havia prometido uma luz para os povos: Eu o Senhor te chamei em justiça; tomei-te pela mão, e te guardei; e te dei por pacto ao povo, e para luz das nações;  para abrir os olhos dos cegos, para tirar da prisão os presos, e do cárcere os que jazem em trevas (Isaías 42.6). Essa luz viria através do Servo escolhido e Ungido por Deus, isto é, o Messias (Isaías 42.1). Ele seria o fiador do pacto que Deus fez com Seu povo Israel. Através dEle as bênçãos da aliança poderiam ser desfrutadas. Também seria luz para os que não são de Israel. Sua obra seria libertar os que estavam nas trevas da cegueira e das prisões. Quando Jesus foi apresentado no templo, com quarenta dias de nascido, Simeão relatou que Ele era esta luz prometida (Lucas 2.21-32).
            Este Messias seria a luz salvadora de todos os povos: Sim, diz ele: Pouco é que sejas o meu servo, para restaurares as tribos de Jacó, e tornares a trazer os preservados de Israel; também te porei para luz das nações, para seres a minha salvação até a extremidade da terra (Isaías 42.7). O SENHOR manifesta que ser luz apenas para o povo de Israel é uma tarefa muito pequena para Seu Servo. De fato sua luz iria muito além, seria salvação para todos o povos. O apóstolo Paulo viu esta promessa se cumprindo com a pregação do evangelho aos gentios, isto é, os que não eram judeus (Atos 13.46-47).
            A luz prometida pelos homens não é garantida, pode falhar, a que Deus prometeu já se fez cumprir na pessoa do Senhor Jesus Cristo. 
            Hoje, esta luz não é desfrutada em toda intensidade, porque ainda estamos em um mundo onde há a escuridão do pecado, mas existe a promessa de um tempo quando:  Não te servirá mais o sol para luz do dia, nem com o seu resplendor a lua te alumiará; mas o Senhor será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória. Nunca mais se porá o teu sol, nem a tua lua minguará; porque o Senhor será a tua luz perpétua, e acabados serão os dias do teu luto. (Isaías 60.19,20). Esta promessa ainda será cumprida na Jerusalém Celestial, que descerá para a terra, para ser a morada de Deus com Seu povo, conforme podemos ver em Apocalipse 21.22-24.
Para as pessoas desfrutarem da energia elétrica, elas precisam pedir a instalação da mesma em suas residências. Da mesma forma elas precisam pedir a instalação da luz enviada por Deus em suas vidas. Isto se faz ouvindo e crendo nesta Pessoa prometida:  Atendei-me, povo meu, e nação minha, inclinai os ouvidos para mim; porque de mim sairá a lei, e estabelecerei a minha justiça como luz dos povos. (Isaías 51.4). Esta é uma luz que precisa ser ouvida e crida. Aqueles que não aceitam esta luz continuam na trevas da angústia, na região da sombra da morte, cegos, presos e sem a salvação.

            Que neste Natal a luz enviada por Deus seja ligada em sua vida.

Um comentário:

Rosalee Santana disse...

Meu desejo é que Deus continue te abençoando!