quinta-feira, 3 de setembro de 2009

QUAL É O ESQUEMA?


Dependendo do contexto, a pergunta acima e outras assemelhadas (“Você já sabe do esquema?” ; “Você faz parte do esquema?”, etc.) podem soar ofensivas. O problema não está no significado da palavra “esquema” (plano, estrutura, sistema, método, modo como as coisas funcionam, estratégia, tática, etc.), mas no uso que é feito destes significados.

Podemos falar do esquema tático do time de futebol, do esquema da programação, e também de um esquema de corrupção, fraudes e engano. Deus também tem um esquema e nos exorta a deixarmos outros esquemas e entrarmos no esquema Dele.

O termo “esquema” veio para o português da língua grega, através do latim. Na língua grega, além de outros usos, ele indicava a manifestação externa da natureza interna de alguma coisa. Esquema era a maneira que o homem demonstrava aquilo que de fato ele era. Significava a atitude, forma, maneira de vida de alguém. Aparece duas vezes no Novo Testamento (Fp 2.7, traduzido como “figura”, e 2 Co 7.31, traduzido como “aparência”). Também há duas palavras compostas com “esquema”, e que têm sentidos opostos. Uma significa “mudar de esquema” (traduzida como “transformar” em 1 Co 11.13-15; Fp 3.21). A outra “entrar no esquema”, e é desta que trataremos neste artigo.

Deus nos exorta a sairmos do esquema das paixões antigas. Lemos em 1 Pd 1.14 Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância”. A palavra “não entrar no esquema” foi traduzida como “não vos amoldeis”. O apóstolo Pedro nos diz que no passado nosso esquema era o das paixões antigas. Paixão indica aquilo que nos domina. Estar apaixonado é estar sob o domínio de alguma coisa. Uma pessoa apaixonada orienta toda a sua vida de acordo com a sua paixão. Ela é capaz de mudar compromissos, ajeitar horários, e fazer o que for preciso para curtir sua paixão.

Quando éramos filhos da desobediência (Ef 2.2), fazíamos parte do esquema de paixões mundanas. Estas paixões podem ser resumidas na teimosia do homem em dirigir sua vida por si mesmo. Elas podem assumir formas variadas. No mesmo livro Pedro nos dá exemplo delas (1 Pd 4.2,3), dizendo que são as paixões dos homens, a vontade dos gentios (os que não conhecem a Deus), e são também contrárias à vontade de Deus. Elas se manifestam em falta de restrição sexual (busca por sexo fora dos limites de um compromisso de casamento); bebedeiras; orgias (festas onde ocorrem bebedeiras e sexualidade) e idolatrias (que inclui os vícios e práticas provenientes destas festas).

Olhe a sua volta e verá que é isto que os do mundo buscam. A vida das pessoas parece girar em torno de prazer sexual, bebida, farra e idolatria (incluindo a do dinheiro, Ef 5.5). Todas as atividades são dirigidas em conseguir recursos para satisfazer estas paixões. Só que esta vida é vazia e fútil. Não produz nada de proveitoso (1 Pd 1.18). O único resultado é vergonha (Rm 6.20,21). É o estilo de vida de quem não conhece a graça de Deus, por isso da ignorância.

Somos chamados a nos comportamos de acordo com a nossa nova natureza: filhos da obediência. E assim fugirmos deste padrão pecaminoso. Não podemos permitir que o molde destas paixões nos forme. Devemos sair deste esquema e entrar noutro esquema, o esquema da santidade: pelo contrário, segundo é santo aquele que vos chamou, tornai-vos santos também vós mesmos em todo o vosso procedimento (1 Pd 1.15). Nós fazemos resistência ao esquema da santidade. Mesmo crentes parecem se sentir mal em serem chamados de santos. Até os que se nomeiam seguidores de Jesus não querem ser muito santos. Mas o esquema de Deus é o da santidade. Ele é santo (1 Pd 1.16). Sem santidade ninguém poderá estar em Sua presença (Hb 12.14).

Deus nos exorta a sair do esquema do mundo (Rm 12.2) “ e não vos conformeis com este mundo”. A expressão “sair do esquema” aqui foi traduzida como “não vos conformeis”. O esquema do mundo é o que rejeita Deus e seus valores. Conforme 1 Jo 2.15-17 é caracterizado por: paixões pelas práticas da velha natureza; paixões pelo desejo dos olhos (deixar-se guiar apenas pelo que vê e sente); e busca e orgulho nos valores deste mundo. Quando estamos amando estas coisas, estamos deixando de amar a Deus. O amor ao mundo e o amor a Deus são incompatíveis. Amar o mundo é ser infiel a Deus, é adultério (Tg 4.4).

Este mundo é passageiro. Seu amor não satisfaz. Suas paixões nos abandonam depois de nos sugar e destruir. Mesmo aquilo que é lícito no mundo (dinheiro, casamento, certas diversões, conhecimento, etc.), deve ser usado de maneira diferente da que o mundo usa, num esquema diferente. É isto que Paulo nos diz em 1 Co 7.31, alertando que o esquema deste mundo passa. Por isso não tem proveito eterno, mesmo que tivéssemos em quantidade exorbitante, foi o que Jesus disse “que proveito o homem tem se ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma” (Mt 16.26).

Devemos deixar o esquema do mundo e entrar no esquema da obediência à vontade de Deus “mas transformai-vos pela renovação da vossa mente, para que experimenteis ... a vontade de Deus” (Rm 12.2). A palavra “transformar” é a mesma usada para a transfiguração de Jesus (Mt 17.2). Indica uma mudança externa que reflita o que somos em nosso coração. Isto se dá pela mudança dos pensamentos, dos valores, dos desejos e planos. Uma renovação da nossa mente. Este é o esquema que devemos entrar.

Um dia, Deus honrará aqueles que entraram no Seu esquema de santidade e obediência. E nos transformará (mudará o esquema) nosso corpo, que hoje é de humilhação, para algo glorioso. Hoje, o esquema que brilha é o das paixões e o do mundo. Hoje o esquema que parece ser mais atraente não é o da santidade nem da obediência. Somos pressionados de muitas maneiras para aceitar o esquema do pecado. Por isso somos até humilhados. Mas um dia a verdade se manifestará. E o esquema da santidade e da obediência brilhará.

Apesar de parecer haver muitos esquemas, de fato só há dois. O da santidade e o das nossas paixões antigas; o do mundo e o de Deus. Qual é o seu esquema?

3 comentários:

José Vieira e Silvia disse...

Pr. Almir.
Somos gratos a Deus por seu ministério. As mensagens colocadas no blog, tem edificado muitas vidas.

José Vieira
Igreja Bíblica de Pedra Branca

conleopoldina disse...

Almir,
Continuarei orando para que vc seja sempre usado por Deus, naquilo que Ele te deu, que o dom do ensino... Estou agradecida a Deus por poder ter condições e o previlégio de acessar um blog tão especial. Continue amigo, alcançando pessoas, com desafios e exortações tão necessárias para nossas vidas!!
Quero com este comentário incentivá-lo a continuar escrevendo.
Foi muito bom passar este início da manhã neste feriado, recebendo de vc, amigo que amo muito, a voz de Deus,"continue sendo uma benção que sempre foi!"
abraçõs fraternos
Conceição

Arnaldo Ribeiro disse...

REVELAÇÃO / EXORTAÇÃO:
Urge propagarmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo ja vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber, criando Irmãos espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõem o titulo do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE CRIA ESSA AÇÃO DE CRISTO. (LC.15.28) E cumpriu-se a escritura que diz: (JB.14.17) O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis, porque Ele habita convosco e estará em vós. Regozijemo-nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade.

(MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FORA NÃO HAVER NASCIDO.

E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber e entender quem é o Filho do Homem.

E O FILHO DO HOMEM É O ESPÍRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ

(MC.14.41) – CHEGOU A HORA, O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO ENTREGUE NAS MÃOS DOS PECADORES. E hoje, quem quiser interagir com o Filho do Homem, deve buscar “A Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet. E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta... .