terça-feira, 26 de agosto de 2008

DEPENDE DO CLIMA!

“Depende do clima!” ou “Não houve clima!” são expressões que afirmam a falta de um ambiente favorável para a realização de um plano. Querem dizer que não houve condições físicas ou psicológicas que permitissem a concretização de algum projeto. Muito de nossa vida depende do clima, tanto no sentido literal, como figurado. Algumas atividades só podem ser realizadas no inverno, outras apenas no verão. Sem chuvas não há condições para plantas nascerem e crescerem, sem sol, não há como o fruto amadurecer. A saúde de alguns de nós depende do clima, ele pode causar reações alérgicas, resfriados, etc. Alguns de nossos projetos dependem do clima “Se não chover”, é uma condição que colocamos para realização de algumas coisas. Penso que todos nós entendemos e aceitamos as limitações que o clima coloca em nossas vidas. O problema é quando deixamos nossa vida espiritual depender do clima. Quando dependemos das condições externas para nos realizarmos espiritualmente. Na área espiritual podemos viver independentes do clima.
Como superar os tempos difíceis? Como manter uma boa saúde espiritual em climas desfavoráveis? Como continuar dando frutos para Deus, mesmo em tempos de sequidão? Como não se cansar diante do calor das dificuldades, ou desanimar com a falta de perspectiva dos dias frios? Como não permitir que os dias de nuvens nublem nossas esperanças? Deus nos dá a resposta através de Jeremias no 17.5-8.
Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR! Porque será como o arbusto solitário no deserto e não verá quando vier o bem; antes, morará nos lugares secos do deserto, na terra salgada e inabitável.
Bendito o homem que confia no SENHOR e cuja esperança é o SENHOR.Porque ele é como a árvore plantada junto às águas, que estende as suas raízes para o ribeiro e não receia quando vem o calor, mas a sua folha fica verde; e, no ano de sequidão, não se perturba, nem deixa de dar fruto.
Confiar em si mesmo é depender do clima, é fazer da nossa força o último recurso. Quando nossa despreocupação é devida a promessas de outros, afastamos o nosso coração do Senhor. Quando pensamos que nosso bem estar e segurança dependem dos recursos humanos, estamos deixando de confiar em Deus.
O resultado é maldição. É ficar preso a si mesmo, sem possibilidade de avançar além de seus próprios limites. É ficar imobilizado, incapaz de agir além das próprias forças. É ser banido de desfrutar dos recursos divinos, que são sobrenaturais. É apoiar-se apenas nas possibilidades naturais, naquilo que está debaixo do sol. É ser como um arbusto solitário no deserto. A palavra “arbusto” indica uma árvore de folhas minúsculas, tal como escamas, deriva de um termo que significa “nu, despido, desamparado”. Uma árvore assim, no deserto, fica nua, sem folhas, e desamparada. O clima não lhe é favorável para florescer e dar frutos.
Nesta situação não se percebe quando o bem chega. Os tempos bons passam pela vida sem que se desfrute dos tesouros que Deus derrama, pois os olhos do coração estão em outros lugares. A vida será marcada pela tristeza, falsas esperanças, decepções e frustrações, como alguém que mora numa terra deserta e estéril, que não gera frutos. A realização irá depender do meio. Quando tudo em volta estiver bem, haverá ânimo. Quando as coisas ao redor forem ruins, o desânimo dominará.
Mas quando se confia no Senhor, quando a fé é depositada Nele, quando Ele é o motivo da segurança, então o meio não irá afetar. A imagem é de uma planta que não depende da chuva para frutificar, que mantém sua folhagem verde e exuberante mesmo em ano de seca. Pois está firmemente plantada junto a ribeiros de águas, suas raízes dependem de fontes que está além dela mesma. Por isso, não se deixa afetar quando o calor chega. O clima não determina sua produção. Nada irá lhe abalar,
Confiar no Senhor é ser abençoado, isto é, capacitado para ser bem sucedido e realizado. É desfrutar dos recursos sobrenaturais que vêm apenas de Deus. É ter as raízes da vida fincadas em fontes sobrenaturais, que não dependem das circunstâncias. Por isto a apreensão e ansiedade não serão dominantes, mesmo quando o clima for de tempestade.
Confiar no Deus imutável é a solução para não depender das variações do clima.

3 comentários:

roberia disse...

Que Deus nos conceda sabedoria a cada dia, para ao projetarmos algo em nossa vida, possamos fazê-lo num clima bom e quando surgirem os maus dias, estes projetos possam permancerem firmes, mesmo em meio a tempestades. Que possamos, verdadeiramente confiarmos sempre em Deus, em todos os momentos de nossa vida.

fatima disse...

Lembro-me do Juá uma árvore regional,que apesar da sequidão permanece verdinha. Foi providencial esta mensagem, pois disperta a necessidade de averiguar-mos onde estão fincadas nossas raízes.A palavra do Senhor é fonte de água viva, se nos colocarmos perto para alimentar nossas raízes com esta água, estaremos sempre visosos, pois esta água é perene.
Fátima Regina.

Antonio disse...

MARAVILHOSA ESTA MENSAGEM.
QUE DEUS CONTINUE TE ABENÇOANDO, E DANDO-TE SEMPRE A INSPIRAÇÃO DO ESPÍRITO SANTO.

A GRATIDÃO É A MEMÓRIA DO CORAÇÃO.
DEUS TE ABENÇOE.
Abraços.
AntonioTavares.