terça-feira, 27 de janeiro de 2009

A Bíblia é uma Espada

Há alguns anos houve em nosso país um plebiscito para decidir sobre o porte de armas. Um dos argumentos usados para a proibição foi o fato das armas causarem mortes. Já outros argumentaram que as armas poderiam ser um meio de preservar a vida de quem estava sendo ameaçado. De fato uma arma pode servir para as duas coisas. Matar ou preservar a vida.

A Bíblia também se compara a uma arma, e esta arma será usada tanto pode preservar a vida, como para destruí-la. Em vários textos ela se compara a uma espada. Um destes textos é Efésios 6.17 Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus”. Paulo está descrevendo a armadura de Deus. A vestimenta de um soldado quando estava pronto para a guerra. Uma guerra contra as táticas, os métodos do diabo (verso 11). Uma guerra contra os poderes espirituais que governam este mundo (verso 12); uma guerra que tenta nos derrubar, já que por duas vezes o apóstolo nos diz para ficarmos firmes (11,13).

Uma destas armas é a espada. E esta espada, é a Palavra de Deus. Ela é a espada do Espírito, porque foi produzida pelo Espírito Santo, Ele a inspirou. Mas também porque é uma arma espiritual, não física, sua ação não é na área visível e física, mas na área do espírito. Mas ela também é a espada do Espírito por se usada por Ele, para combater as táticas do nosso inimigo. Aqui é uma espada para ser usada como arma numa guerra. Para preservar a vida espiritual.

Jesus usou a Palavra de Deus quando foi tentado pelo Diabo. Em Mateus capítulo 4.1-11, Jesus rebate cada ataque de Satanás citando as Escrituras. Ele sempre disse: “Está escrito.” E assim Ele venceu as tentações do Diabo, com a Bíblia.

Nós só poderemos vencer os ataques de Satanás, as tentações e ciladas que ele coloca diante de nós com a Palavra de Deus. Nossas próprias palavras, nossos argumentos, nossa sabedoria, não são suficientes para enfrentar o Diabo. Lembre-se de Eva, ela não se firmou no que Deus havia dito, e assim foi derrotada.

Outro texto é Hebreus 4.12 “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.” A Palavra de Deus é comparada a uma espada agudíssima, capaz de dividir aquilo que não é divisível. Ela é tão afiada que ela pode julgar aquilo que está bem escondido dentro de nós, que só nós sabemos. Nossos pensamentos e propósitos. Aqui o propósito da espada é penetrar para descobrir o que está dentro, tal como o bisturi de um médico.

Esta espada será usada por Cristo para punir os que não se arrependem. Ap 2.16 “Portanto, arrepende-te; e, se não, venho a ti sem demora e contra eles pelejarei com a espada da minha boca.” Falando contra uma igreja, que estava tolerando doutrinas erradas, Deus ordena que ela se arrependa, Ele viria contra os falsos mestres e guerrearia contra eles, usando a Espada que sai da sua boca, isto é, a Sua palavra. Aqui a espada é instrumento para matar, para disciplinar.

Ainda em Apocalipse (19.15,21), a Palavra de Deus como espada será instrumento para manter a ordem no Reino de Deus “Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as regerá com cetro de ferro e, pessoalmente, pisa o lagar do vinho do furor da ira do Deus Todo-Poderoso.

Os restantes foram mortos com a espada que saía da boca daquele que estava montado no cavalo. E todas as aves se fartaram das suas carnes.” Este trecho fala da batalha de Jesus Cristo contra o anti cristo, o falso profeta, e os seus exércitos. Será a batalha do Armagedom. Os exércitos dos inimigos de Deus se reunirão ali, para guerrear contra Ele, mas Ele só precisará de Sua Palavra para destruí-los. Nesta caso a espada será para matar eternamente.

Você tem duas escolhas: apoderar-se desta arma para que ela te defenda contra as tentações, ou ser julgado por ela no juízo de Deus.

Um comentário:

Marcos Aurélio Melo disse...

Mais uma vez parabéns por este texto. Realmente a Bíblia tem uma relevância enorme na defesa contra os ataques do Diabo, nosso adversário.
Creio que Deus nos dá plenas condições de sermos vitoriosos na luta contra o mundo, a carne e o Diabo, basta que sejamos atentos em ouvir a Sua voz, na Palavra.

Confira este post no meu Blog, tem tudo a ver com o seu post.

http://marckmelo.blogspot.com/2009/01/luta-contra-o-pecado-por-john-piper.html