sábado, 14 de novembro de 2009

O SENHOR RUGIRÁ


Ele é o Leão da Tribo de Judá, Jesus quebrou nossas cadeias e nos libertou...Esta é uma frase de um animado cântico que entoamos em celebração ao fato que fomos libertos por Jesus Cristo. Como Apocalipse 5.5 diz, Jesus é o Leão descendente de Davi, que venceu e trouxe a salvação e a revelação de Deus.

Uma das atividades dos leões é rugir. Um dicionário bíblico define rugir como o urro cavernoso, barulhento e estrondoso dos leões. É o som do leão que pula sobre a vítima, já resolvido a atacar, buscando paralisa-la de terror. É um rugido que pode ser ouvido a quilômetros de distância. Quando um leão ruge ele quer amedrontar os inimigos e marcar o seu domínio. Diante do rugido do leão a reação natural era de medo (Amós 3.8). Sansão teve a experiência de enfrentar um leão que veio rugindo para atacá-lo (Juízes 14.5). “Rugir” é uma palavra selvagem, perversa, terá ela alguma relação com a natureza divina? Deus pode agir assim? O profeta Amós responde que sim.

Amós era um comerciante de rebanhos vivendo na pequena cidade de Tecoa, que ficava na região alta do reino de Judá, reino do Sul. Sua vida era de comprar ovelhas, cabras e vacas, para a engorda, e então vendê-las. Na época da colheita de sicômoros (figos silvestres) ele descia para a planície de Judá para colhe-los, provavelmente para usar como alimento para o rebanho. Não havia sido treinado para ser profeta. Mas um dia Deus o chamou para profetizar no reino do norte, mais conhecido como reino de Israel. Ele inicia sua mensagem dizendo de modo enfático: O SENHOR rugirá de Sião. Este será o tom do livro de Amós: o juízo de Deus.

Quando Amós pronunciou estas palavras é provável que o povo lembrou de um outro profeta que anos antes dissera as mesmas coisas (Joel 3.16). Na profecia de Joel, o Senhor rugiria contra os inimigos do Seu povo, e seria um refúgio para o Seu povo. O rugido de Deus traria salvação. Mas no caso de Amós o rugido traria o juízo de Deus sobre o Seu próprio povo. Juízo tão duro que até as regiões mais férteis ficariam secas. O que ocasionou a mudança? O que fez com que o Leão que rugia contra os inimigos virar-se e rugir contra o Seu próprio povo?

O povo de Israel havia sido abençoado de modo especial. Deus redimira este povo da escravidão, dera-lhe uma terra que manava leite e mel, uma lei justa e sábia, reis escolhidos por Ele, profetas para anunciar Sua palavra, e nazireus para expressar Sua santidade. Na época do profeta Amós, este povo desfrutava de uma prosperidade que só havia acontecido na época dos reis Davi e Salomão. Havia progresso e riqueza por toda parte. As fronteiras do país foram ampliadas. Esta prosperidade fora anunciada por Deus através de um outro profeta que vivera antes de Amós, o profeta Jonas (2 Reis 14.23-29). E agora o SENHOR estava rugindo pronto para atacar o Seu povo. Por quê?

Apesar das bênçãos o povo teimava em deixar os mandamentos de Deus e seguir os costumes dos povos ao redor deles. Havia perversão da justiça, desvalorização do ser humano, cobiça desenfreada, opressão, imoralidade, profanação do nome de Deus e muita religiosidade sem obediência. Diante disto, o Pastor de Israel se transforma em Leão que se volta contra o Seu povo para puni-lo pela desobediência.

A mesma mensagem foi confirmada por outros profetas que vieram depois de Amós. Oséias diz que Deus será um Leão contra seu povo (Os. 5.14; 13.7), mas este Leão ainda poderia rugir contra os inimigos libertando o povo, se houvesse arrependimento (Os 11.10). Sem arrependimento, Jeremias anuncia que o SENHOR rugirá poderosamente (30.19). Apocalipse mostra que o Leão da Tribo de Judá, que liberta Seu povo, também envia seu anjo poderoso bradando como rugido de leão, enviando o juízo de Deus (Ap 5.5; 10.1-3).

Deus rugirá como leão, e o Seu rugido, poderá ser de juízo ou de salvação. O que será para você o rugido de Deus?

2 comentários:

abraao disse...

lembrando que o inimigo parece um leão só parece mais o LEÃO e JESUS e muitos o temerão mais tambem é aquele que está por perto para proteger quem é capaz de chegar perto de um leao. ruja Senhor estamos aguardando a tua volta.

Roberia Viana disse...

Espero que o rugido de Deus pra mim seja plenamente de salvação. Às vezes quando caio parece que estou ouvindo o rugido de fúria (pare agora).