quinta-feira, 24 de março de 2016

GRATIDÃO PELA GRAÇA MANIFESTADA ATRAVÉS DA VIDA DO PASTOR TOMÉ WILLSON

A graça de Deus chega a nós de várias maneiras. Uma das mais comuns é através de outras pessoas. Deus usa homens e mulheres como canais para fazer as águas de Sua graça abençoarem outras vidas.
Esta graça chegou a alguns de nós através da vida do Pastor Thomas Flenner Willson, mais conhecido como Pr. Tomé ou “seu Tomé”.  Ele foi um dos pioneiros no trabalho evangélico aqui no Cariri cearense.
Além de contribuir para a evangelização, fundação de igrejas, ensino em escolas seculares, inclusive na Universidade, também  foi diretor, deão acadêmico e professor no Seminário Batista do Cariri. Com isso, influenciou várias gerações de obreiros formados naquele seminário. Na região do Cariri, o Pr Tomé serviu a Deus em várias igrejas. Na Igreja Batista Regular do Novo Juazeiro, serviu por dez anos (1979-1988). Os mais antigos na igreja podem lembrar de suas pregações, aulas na Escola Dominical, e de como se apresentava como voluntario para discipular os novos convertidos.
            No dia 23 de março, aos 92 anos, o pastor Tomé deixou esta vida. Na linguagem do apóstolo Paulo, ele partiu para estar com Cristo. A âncora que o prendia neste mundo foi solta, e ele empreendeu a viagem para a situação que é incomparavelmente melhor (Filipenses 1.23).  Nas palavras de Jesus, ele foi levado pelos anjos para a presença de Deus (Lucas 16.22)
            Quero aproveitar para repetir a homenagem que fiz ao Pastor Tomé por ocasião de seu aniversário de 87 anos. 
             Pessoalmente sou muito devedor ao Sr. Tomé. Sem dúvida ele foi uma das pessoas que mais marcou a minha vida.  Quero alistar alguns fatos.
            Quando tomei a decisão de estudar em um seminário, escrevi para várias escolas no Brasil, pois não sabia onde deveria estudar. Foi o senhor Tomé quem mais rapidamente respondeu e se prontificou a me ajudar a chegar aqui, minorando algumas dificuldades que eu enfrentava então. Sua carta teve um papel determinante em minha decisão de estudar no SBC. Posso até dizer que, escolhi estudar no SBC por causa daquela carta incentivadora que ele me enviou.
            No Seminário, foi professor exigente e dedicado, buscando que eu desse o meu melhor nos estudos e no trabalho. Esforçou-se sobremaneira para que eu pudesse continuar nos estudos em níveis além da graduação. Inclusive custeando várias mensalidades e viagens que eu tinha de fazer.
Se voltei para o Cariri, depois de formado, para ensinar no SBC, muito se deve ao Pr Tomé. Tanto incentivou os membros do conselho a me convidarem como me incentivou a aceitar. O mesmo se deu quanto ao pastorado da Igreja de Novo Juazeiro, que pastoreio há 27 anos. Tenho certeza que sua palavra teve muito peso para que os irmãos daquela época me convidassem. Além disso, fortemente me aconselhou a aceitar este convite.
            Se hoje sou convidado a pregar em vários lugares deste país, o seu Tomé também foi instrumento nisso, indicando meu nome para as igrejas, e muitas vezes, ele deixava de ir quando convidado, e pedia para que eu fosse em seu lugar. 
            Sempre tratou minha família com muito carinho. Quando chegamos ao Cariri, ainda sem casa para morar, ele nos acolheu em sua casa.
            A graça de Deus usou o Pr Tomé para que chegasse onde estou hoje. Ele me serve de exemplo, fazendo-me ver que sou canal através do qual a graça de Deus deve fluir para abençoar outros.
            OBRIGADO SENHOR, PELA VIDA DO PR. TOMÉ, Ajuda-me a ser para outros um pouco do que ele foi para mim.
           

9 comentários:

Débora deby disse...

Que lindo!!! Existem pessoas que são presentes de Deus nossa vida. Ele também foi nosso grande amigo. Incentivou meu irmão a estudar no seminário, cuidou dele no hospital quando ele foi operado. Nos apoiou na morte de nossa mãe. Sempre o amaremos. Foi um homem de Deus, digno, honesto, fiel a Palavra. Um servo fiel.

Unknown disse...

Minha gratidão a Deus pela vida do seu Tomé tem dois aspectos: o primeiro se trata do pŕivilégio de have-lho conhecido um pouco pessoalmente e o segundo pela oportuniďade de conhecer mais sobre a graça do nosso bondoso Deus através de alguns dos seus ex-alunos.

Agrimar Mazinho disse...

Só temos a agradecer a Deus! Primeiro, por tão grandiosa salvação! Depois, por homens como esses que Ele salva, santifica e capacita para se tornarem canais da Sua graça nas nossas vidas!

Projovem Adolescente Fariasbritense 2009 disse...

Eu tive o privilégio de conhecê-lo, como pastor, amigo, pai.Conheci-o em Vacarias na casa de meu pai Antonio de Aniceto da Vacaria. Lembro de como não tirava os olhos do acordeão que ele tocava ão bem, de suas pregações. Sr. Tomé não era para toda a nossa família só o pastor, ele era muito mais do que isso, era o amigo inseparável de meu pai. Ainda criança não sabia fazer a diferença e achava até ele gostava mais de mim do que de Felipe. Felipe tinha a mesma idade que eu e tirava brincadeiras comigo que eu não gostava e Sr. Tomé sempre me defendia. Eu sempre os amei, a ele a dona Eveline como pessoas de minha família. O seu ministério marcou grandemente a minha vida e vida de todos os que tiveram o privilégio de conhecê-los.Que Deus retribua em glórias!

Reginaldo Abintes disse...

Voce nao foi so um mestre, voce foi muito mais que um pai para n'os "in memory" sinto muita saudades. Voce foi mais do que um exemplo pra mim, voce uma bencao maravilhosa na minha vida

Unknown disse...

Amem pastor! Pr. Marcéu Silva

Clerton disse...

Palavras de gratidão são um alento para alma.

Edwilson Batista disse...

para mim foi um grande privilégio conhecer pessoalmente o pastor TOMÉ, eu aceitei a CRISTO JESUS através de uma pregação do pastor tomé [em um culto que ele pregou no domingo a noite na igreja batista regular de crato] era o ano de 83 ou 84, ficou marcado na minha memória este dia; seu TOMÉ ou PASTOR TOMÉ, deixará muitas saudades em nossos corações, "descanse em paz servo fiel a DEUS".

Anônimo disse...

Eu faço minhas essas palavras de Almir. O que sou hoje como pessoa e obreira devo muito ao Sr Tomé. De fato, as pessoas que Deus coloca em nossas vidas são demonstrações da graça e do amor de Deus por nós. Eu que o diga.
Até na cozinha, Seu Tomé me deixou uma herança - quem é que não se lembra daquele pãozinho que ele fazia? Se Tomé pode dizer como Paulo "Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé".
De Márcia