quarta-feira, 28 de novembro de 2007

A SEGURA PROTEÇÃO DE DEUS

Vivemos tempos perigosos. Desde a entrada do pecado que este mundo não é mais um lugar seguro. As ameaças são constantes. A nossa integridade física e a espiritual, e esta muito mais, vivem sob constante risco. Mas não podemos nos admirar desta situação, pois está é a vida de um peregrino. Em terra estranha, com gente estranha, rodeado de inimigos, só pode esperar ameaças. Mas, ao invés de medo, precisamos de proteção que seja segura para nos guardar neste tempo de peregrinação. No salmo 121 o peregrino canta que tem encontrado esta proteção em Deus. Seis vezes ele menciona Deus como o que guarda. Ele nos diz como esta proteção é segura.
É segura porque é Poderosa, pois ela é feita pelo Criador dos céus e da terra, isto é, Criador de tudo que há. Deus não está limitado a um lugar, nada está fora de seu conhecimento e controle. Tudo está debaixo de suas ordens. Nem família, nem governo, nem amigos, nem riquezas podem nos fornecer ajuda tão poderosa.
É segura porque é Vigilante, pois Ele nem dorme, nem tão pouco cochila. Esta verdade é repetida. Ao dizer Eis que não cochila e não dorme o que guarda Israel, o salmista quer dizer “Vejam, prestem atenção, aquele que guarda o povo de Deus, não chega a tirar nem um cochilo sequer”. É possível uma sentinela dormir no seu posto; um motorista dormir no volante; uma mãe dormir enquanto cuida de seu filho, mas Deus nunca dorme.
É segura porque é Eficaz, pois é uma sombra protetora à nossa direita. A direita indica favor, força (Gn 48.13-19), e certeza de que jamais seremos abalados (Sl 16.8). Deus nos protege do nosso lado mais importante e necessário. Ele segura na nossa mão direita em nossos momentos de dúvida (Sl 73.23). A proteção dos homens pode falhar em detectar onde estamos mais carentes de segurança, a de Deus é eficiente, pois nos protege onde mais precisamos.
É segura porque é Constante, pois é todo dia e o dia todo. O salmista faz questão de dizer que é de dia e de noite, na entrada e na saída, agora e para sempre. A expressão "entrar e sair" indica todos os movimentos, toda extensão da vida humana (2 Sm 3.25; Dt 28.6; 1 Sm 29.6). Deus nos guarda não apenas agora, mas para sempre. Não apenas a viagem do peregrino a Jerusalém e sua volta ao lar, mas também na viagem eterna. Nossos protetores humanos podem nos deixar em certos momentos da vida, mas a proteção de Deus é eterna.
Li na internet de um menino que estava num avião. Durante a decolagem olhava pela janela com os olhos brilhando. Depois que o avião ganhou altura entre as nuvens, ele passou a pintar uns desenhos que havia trazido. Quando o avião passou por uma turbulência, ele não se abalou e continuou pintando. Uma moça, sentada ao seu lado, perguntou se ele não estava com medo. Ele respondeu: Meu pai é o piloto.
A confiança em seu pai como piloto daquele avião, era maior do que o medo de um desastre. Nas turbulências nesta vida de peregrinos devemos lembrar que nosso Pai é o piloto. Foi isto que o poeta disse neste hino
Quando a fé por vezes falta, e o sol não posso ver
A Jesus eu digo humilde: "Oh, vem meu Piloto ser"!
Quando a tentação me envolve e não posso a Cristo ver,
Eis que em meio à tempestade ouço o Salvador dizer:
Oh, não temas sou contigo ,Teu Piloto até o fim!
Não te importes com o perigo, Eis a mão, confia em Mim.
Quando a alma se abate, Quando os dias longos são,
Volvo o olhar ao meu Piloto, este canto escuto então:
Oh, não temas sou contigo Teu Piloto até o fim!
Não te importes com o perigo, Eis a mão, confia em Mim.

Um comentário:

proteção divina disse...

Deus está me guiando aonde quer que eu andar, sei que com ele jamis irei me amedrontar ele é quem segura na minha mão e me diz, filho pode vim eu estou a sua frente nenhum mal vai lhe acontecer
obrigadão senhor Jesus te amo