quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Conhecer a Deus – o modo de ter discernimento.

Ter a capacidade de distinguir entre o bem e o mal, o que é bom e o que é ruim, o certo e o errado, a verdade e a mentira, é uma necessidade constante em nossas vidas. Constantemente estamos tomando decisões. E estas exigem avaliação de nossa parte. Nem sempre são grandes decisões, mas todas exigem uma escolha entre uma coisa e outra, ou mesmo entre várias direções.
Todas as decisões exigem discernimento, capacidade de saber o que é melhor em cada situação. Como obter este conhecimento? Conhecendo a Deus (Pv 9.10). O conhecimento de Deus é quem dá a capacidade de discernirmos. A palavra original para “prudência” dá a idéia de discernir e saber o que é melhor. Uma avaliação correta da vida só pode ser feita se conhecemos a Deus. Asafe quase se iludiu com a aparência das coisas, por pouco ele não se desviou do caminho do Senhor, mas quando ele entrou no santuário de Deus, ele pode entender, ter o discernimento correto de como era a realidade (Sl 73.17). Só o conhecimento de Deus para nos afastar do engano das aparências das coisas, e distinguirmos a realidade. Conheça a Deus, para poder conhecer bem a vida.

3 comentários:

gráfica dos impressos disse...

tava precisando disto!!!! Obrigado

Estatela disse...

O que nos distinguem do mundo é a maneira de como entendemos os factos e as coisas que nos rodeiam, por isso para entender tudo isso é preciso o discernento que vem de Deus e não da ciencia nem de outro recurso... Obrigado pelo conteudo, que Deus possa te abençoar mais e mais.

Anônimo disse...

Gloria a Deus