quinta-feira, 18 de outubro de 2007

NÃO SIGA O SEU CORAÇÃO

     "Siga o seu coração"; "faça o que o seu coração mandar";  "ouça o que diz o seu coração", já ouviu  conselhos assim?      Parecem  bons conselhos. Pois procuram nos guiar a ouvir o nosso interior, sondar o que realmente queremos. Mas, o que será que a Bíblia diz a respeito disto?      Provérbios 28.26 diz o seguinte "O que confia no seu próprio coração é insensato, mas o que anda em sabedoria será salvo." A afirmação é clara, não é sábio confiar no próprio coração. Agir assim  é o oposto da verdadeira sabedoria, é sinal de insensatez.
     Jeremias 17.9 diz "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?" Note que nosso coração nos engana. Pode ser um desastre confiar nele, além de que é difícil conhece-lo verdadeiramente. Apenas Deus conhece nosso coração, e Ele disse que este coração é mau desde nossa infância. Gênesis 8.21 "porque a imaginação do coração do homem é má desde a sua meninice,"      
Jesus afirmou que é do coração que procedem os pecados que tornam o homem impuro. Mateus 15.19,20 "Porque do coração procedem maus desígnios, homicídios, adultérios, prostituição, furtos, falsos testemunhos, blasfêmias.São estas as coisas que contaminam o homem; mas o comer sem lavar as mãos não o contamina."     
     "Seguir o coração" é mais uma das mentiras que estamos rodeados. Ao invés de seguis o nosso coração vamos procurar conhecer e seguir a Palavra de Deus.

2 comentários:

Unknown disse...

Coração, quando ouvido, se torna um péssimo árbitro da vida.

Prega a Palavra disse...

É certo que não devo ouvir o meu coração quando este se encontra divorciado da comunhão de Deus. No entanto concordo plenamente com a excelente reflexão de John MacArthur em seu livro "Como Obter o Máximo da Palavra de Deus! - Ed. Cultura Cristã. No capítulo 11, intitulado "Como a Bíblia Revela a Vontade de Deus?". Ali MacArthur nos concede princípios bíblicos para o discernimento da vontade de Deus. A partir da expressão "Vontade de Deus" pinçada no NT ele extrai cinco princípios básicos [1] Ser Salvo [II Pe 3:9] [2] Estar Cheio do Espírito [Ef 5:15-18] [3] Ser Santificado [I Ts 4:3-5] [4] Ser Submisso [I Pe 2:13-15] e [5] Sofrer pela causa de Cristo [I Pe 4:1216,19]. E então conclui dizendo que depois de auto-examinarmos e percebemos que temos cumprindo estes cinco princípios o nosso coração estará livre para fazer o que queremos fazer. Ele afirma que Deus disporá sua vontade numa vida assim de tal forma que o meu desejo se alinhará ao desejo de Deus. Em suas palavras: "Se você é salvo, cheio do Espírito Santo, santificado, submisso e disposto a sofrer, FAÇA O QUE QUISER. TUDO O QUE QUISER? ISSO MESMO. SE VOCÊ ESTÁ OBEDECENDO À PALAVRA DE DEUS NAS CINCO ÁREAS DISCUTIDAS...DEUS JÁ ESTÁ CONTROLANDO SUAS VONTADES E DESEJOS.[pp 132, grifo meu] [veja Fp 2:13]. Então devemos seguir sim o coração quando este coração está nas mãos do Senhor!

Luiz Correia